Sem categoria

Tour de France – a famosa corrida que percorre diferentes regiões francesas

Tour de France - a famosa corrida que percorre diferentes regiões francesas

Uma das maiores e mais importantes competições mundiais de ciclismo, o Tour de France é um evento que atrai apreciadores do planeta todo.

O Tour de France, juntamente com o Giro d’Italia e a Vuelta a España, faz parte do Grand Tour do Ciclismo, sendo considerado como a mais prestigiada das três corridas.

Tradicionalmente, a corrida acontece no mês de julho e atrai competidores e apreciadores do mundo todo. Enquanto sua rota sempre muda para cada edição, o seu formato permanece o mesmo: provas de contrarrelógio, caminhos através dos Pirenéus e dos Alpes e a finalização na famosa Avenida Champs-Élysées, com a esperada passagem pelo Arco do Triunfo, aqui em Paris.

Em suas edições atuais, o Tour de France é constituído por 21 fases diárias, ao longo de 23 dias. São cerca de 3.200 km percorrendo as belas paisagens da França em circuitos no sentido horário e anti-horário. O percurso conta com estradas irregulares e montanhosas, além de pequenas passagens através dos países vizinhos. O circuito permite que a cada ano possamos conhecer diferentes regiões da França.

Cada uma das etapas é cronometrada e somada no tempo dos ciclistas. Aquele que for o líder do tour na classificação geral, ganhará a cobiçada camisa amarela (maillot jaune), e ao final de cada etapa é entregue ao ciclista mais rápido daquela competição.

Tour de France
Vincenzo Nibali, italiano vencedor da Tour de France de 2014. Foto: Pixabay

Além da classificação geral, que costuma atrair mais atenção do público, há diversas outras classificações no Tour de France:

  • classificação por pontos para os sprinters
  • classificação de montanha para os escaladores
  • classificação de ciclista jovem (idade inferior a 26 anos)
  • classificação por equipes

Dica de leitura: 5 LUGARES PERFEITOS PARA PIQUENIQUE EM PARIS


Muito além de competir

Agora que você já conhece as principais regras da competição, não podemos deixar de lado o aspecto ciclo-turístico deste grande evento. Claro que os atletas estão lá com foco em competir, mas, para nós espectadores, vale muito a pena acompanhar as imagens e fotografias do circuito. É uma excelente maneira de descobrir o fabuloso interior da França, o seu belíssimo lado rural.

Foto: ladepeche.fr

Aqui na França, o Tour de France gera um grande frisson nas cidades pelas quais os competidores passam. Afinal, trata-se de uma competição bastante itinerante, que passa por centenas de cidades e regiões a cada edição da corrida. Os habitantes decoram as cidades para receber o evento. Trata-se de um dia de muita agitação.

Foto: cyclismerevue.be

Em 2016, Fernanda Hinke, idealizadora dos passeios Meia-Noite em Paris, teve a oportunidade de assistir o “départ” do Tour de France, que aconteceu em um dos lugares mais emblemáticos da França: O Monte Saint Michel.

Inicio do Tour de France de 2016. Foto: Fernanda Hinke – arquivo pessoal

Na ocasião, Fernanda Hinke estava no Mont Saint Michel a convite do Departamento de Turismo da região Mancha da França. Ela tinha acabado de testar, junto a um grupo de profissionais do cicloturismo, a recém-inaugurada ciclovia intitulada La Véloscenie.

A La Véloscenie é uma rota balizada de 450 km que liga Paris ao Mont Saint Michel. O evento foi organizado de maneira que os participantes pudessem viajar por uma semana e, assim, conhecer todo o trajeto, além das principais cidades do percurso, monumentos e produtores locais, para, então, chegar no Mont Saint Michel no dia exato para assistir a abertura do Tour de France de 2016. Fernanda relata que esta foi uma experiência bastante emocionante!

Fernanda Hinke chegando no Monte Saint Michel. Foto: arquivo pessoal

A história do Tour de France

O Tour de France foi criado em um contexto de divergências de opiniões políticas e de concorrência entre dois jornais esportivos franceses.

Um capitão do exército francês, chamado Alfred Dreyfus, foi acusado de vender informações militares secretas aos alemães. O caso dividiu a opinião pública, e o editor do primeiro e maior jornal esportivo da França, que acreditava na inocência de Dreyfus, publicou um artigo que desagradou a muitos, inclusive a conde Jules-Albert de Dion, que acreditava que Dreyfus era culpado.

Dion, então, se juntou a outros com opiniões parecidas e abriu um jornal desportivo concorrente, o L’Auto, nomeando Henri Desgrange, um ciclista de destaque, como o editor.

Foto: Pixabay

O novo jornal não teve tanto sucesso, ficando com as vendas estagnadas. Em uma reunião para discutir a crise do L’Auto, foi sugerido um evento inovador: uma corrida de bicicleta de seis dias em toda a França. Assim, o jornal anunciou a corrida em 19 de janeiro 1903.

Desde a sua primeira edição, em 1903, o Tour de France tem sido uma corrida realizada anualmente, com exceção do período das duas Guerras Mundiais. Conforme ganhava destaque e popularidade, a corrida foi se aprimorando e passou a contar com ciclistas do mundo todo.

Atualmente, o Tour de France é gerido pela Amaury Sport Organisation, uma organização de eventos esportivos da França, e a competição é um evento organizado pela União Ciclística Internacional (UCI).

Foto: Pixabay

Andar de bicicleta: esporte ou lazer?

O ciclismo é um esporte que exige preparação, força física e muita resistência. Mas nem por isso andar de bicicleta deixa de ser uma atividade divertida e prazerosa.

Caso você não tenha a preparação necessária para participar do Tour de France (ou tenha, mas queira experimentar pedalar pelas históricas ruas francesas), é possível viver uma experiência igualmente empolgante. Que tal curtir a capital francesa passeando de bicicleta com a equipe do Meia-Noite em Paris? Andar de bicicleta em Paris pode ser uma experiência única em sua viagem!

Saiba mais: 5 ANOS DO PASSEIO MEIA-NOITE EM PARIS BY BIKE

Guiamos você por passeios incríveis pela Cidade Luz, visitando centros históricos, pontos turísticos famosos e até lugares alternativos à rota turística clássica. Sem falar na belíssima experiência do passeio noturno. E tudo isso de bicicleta!

Confira algumas sugestões:

Passeio Meia-Noite em Paris by Bike: visita aos principais monumentos de Paris iluminados, tarde da noite, com paradas em lugares estratégicos para você tirar fotos incríveis.

Passeio pelo Centro Histórico de Paris: é bastante indicado para quem tem pouco tempo na cidade e gostaria de conhecer os principais prédios e monumentos históricos da capital francesa.

Passeio Paris dos Parisienses: indicado para quem já conhece a Paris clássica e deseja descobrir lugares novos e alternativos, com direito a descobrir uma cerveja artesanal parisiense bastante especial.

Passeio de Bike com Piquenique para Crianças: Perfeito para famílias. O percurso é feito pelas margens do Rio Senna, sem carros, até a Torre Eiffel, onde é realizado um delicioso piquenique.

Se está com uma viagem marcada para Paris, então não deixe de reservar um passeio, de bicicleta ou a pé e conhecer a cultura, a história e o estilo de vida parisienses de forma leve e divertida!


Foto de capa: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *